31 de janeiro de 2011
Categoria: Miscelânea

SPFW: 30/01 – domingo

Line- UP

01 – 13 horas – IÓDICE
02 – 16 horas – JULIANA JABOR
03 – 17:30 horas – CORI
04 – 19 horas – OSKLEN
05 – 21 horas – COLCCI


Marca: Iodice
Direcão criativa: Valdemar Iodice
Styling: Benjamin Galopin
Beleza: Marcos Proença (cabelo) e Fatima Thomas (make)
Trilha: Zé Pedro
Tema: A obra do fotógrafo Sam Haskine
Cartela de cores: Preto, laranja, marrom, nude e branco, detalhes em dourado
Materiais: Couro, jérsei, georgette, seda, lã; franjas de couro, tachas e bordados
Formas: Cinturas marcadas em vestidos e mais elevadas nas calças; decotes das costas; momentos de silhuetas mais secas e outros de modelagens mais amplas
Highlights: Os looks mais descompromissados, como o legging de couro com camisetão. E para quem não conhece, o stylist Benjamin Galopin foi assistente de Carine Roitfeld, ex-editora da “Vogue” francesa, por cinco anos e hoje trabalha com marcas como Versace e Tom Ford. (texto retirado na íntegra do site ffw.com.br)



Marca: Juliana Jabour
Styling: Daniel Ueda
Beleza: Daniel Hernandez
Trilha: Rodolfo Tavares e Alex D´Toledo (DJ Trusty)
Tema: Movimento grunge
Cartela de cores: Azul, beterraba, preto, verde militar e vermelho
Materiais: Algodão acetinado, crepe de chine, gaze de viscose, malha com lurex, moletom de lã, tafetá texturizado e sarja de algodão
Formas: Comprimentos variados, que vão desde o curto ao superlongo; silhuetas aparecem estruturadas ou amplas e confortáveis, como dita o estilo grunge
Highlights: Em sua estréia na SPFW, Juliana mostra uma coleção madura, com um bom trabalho de shapes e proporções. Suas roupas vestem mulheres com personalidade, estilo e que não abrem mão do conforto. Há ótimas saias compridonas, paletós amplos, maxicardigans do desejo (aliás, toda a parte de tricô é ótima). Quem não quer se proteger do frio assim?(texto retirado na íntegra do site ffw.com.br)


Cori 



Marca: Osklen
Diretor Criativo: Oskar Metsavaht
Styling: Pedro Sales
Beleza: Fatima Thomas
Trilha: Gomus
Tema: Fenix
Cartela de cores: Cinza, marrom, vermelho, azul Royal, laranja, bege, azul marinho e ocre. A estampa Floral Fire tanto remete aos hibiscus da Osklen de anos atrás, quanto ao fogo do incêndio  
Materiais: Cashmere italiano, lã, chamois, couro, moletom, pelúcia e peles de salmão e pirarucu

Highlights: Como o FFW antecipou, a marca transformou uma tragédia em material criativo para desenvolver essa coleção. O incêndio que destruiu o acervo de dez anos da grife rendeu reflexões a Metsavaht, que achou um momento oportuno para rever seu trabalho e estilo. E essa revisão traz um novo olhar aos clássicos do universo masculino,  como os cashmeres de gola V, que se desdobram em vestidos e camisetões deliciosos. Outros destaques ficam por conta das cores fortes, como o vermelho, da alfaiataria supercool e da mistura de couro e cashmere. Tudo amplo, acolhedor e quente para bons dias de frio em qualquer parte do globo. Que venha o inverno.(texto retirado na íntegra do site ffw.com.br)


Colcci
Ashton Kutcher – Gisele Bündchen e Alessandra Ambrósio Arrasaram!


(fotos: reprodução/divulgação)
  • 0Comente!
31 de janeiro de 2011
Categoria: Miscelânea

SPFW: 29/01 – sábado

Line- UP

01 – 12:30 horas – REINALDO LOURENÇO
02 – 15:30 horas – GHETZ
03 – 16:30 horas – ELLUS
04 – 17:30 horas – NEON
05 – 18:30 horas – NEON
06 – 20 horas – AMAPÔ
07 – 21:30 horas – ALEXANDRE HERCHCOVITCH (FEM)

Marca: Reinaldo Lourenço             
Styling: Reinaldo Lourenço
Beleza: Fatima Thomas e Fabiana Gomes (make) e Ricardo Rodrigues para Studio W (cabelo)
Trilha: Max Blum
Tema: Pérolas da noite, alta-costura e festas privés dos anos 30
Cartela de cores: Preto e offi-white
Materiais: Couro, pele, tule, mousseline, cetim, gabardine de lã e feltro
Formas:  Comprimentos longos ou na canela, modelagem seca nos vestidos e ampla nas golas
Highlights: Que chique que foi essa coleção. Esse era o comentário geral pós-desfile. E foi mesmo. Reinaldo mostrou toda sua expertise com formas e estruturas e um acabamento exemplar, especialmente nas peças bordadas. Ele desconstruiu a alfaiataria de forma que o smoking virou uma estola, um colete ou uma maxigola; o trabalho com o couro em tiras deu movimento às roupas, formando babados estruturados. Peças “to die for”: os vestidos de tiras de couro e os bordados com pérolas. Mesmo em meio a tanto luxo, ainda há os bons básicos, como calças e paletós de alfaiataria. Impecáveis, claro. (Texto retirado na íntegra do site ffw.com.br)
Marca: Ghetz
Estilista: Lucas Nascimento 
Direção criativa: Giovanni Bianco
Styling: Daniel Ueda
Beleza: Daniel Hernandez
Trilha: Giovanni Bianco e Wilson
Cartela de Cores: Vermelho, preto, cinza, roxo, berinjela, gelo
Formas: Vestidos justos, leggings de lã, pantalonas amplas plissadas
Highlights: A Ghetz é uma empresa especializada em tricô de luxo que faz sua estreia na SPFW e, para isso, chamou o atual príncipe do tricô, Lucas Nascimento e o diretor criativo Giovanni Bianco para desenvolverem a coleção. É impressionante o que o tricô pode fazer e os efeitos possíveis graças a tecnologia. Tudo tem o conforto de uma peça de tricô, mas com novas texturas, modelagens e estruturas. O destaque fica por conta dos ótimos casaquinhos e paletós.(Texto retirado na íntegra do site ffw.com.br)

Marca: Ellus                
Estilista: Adriana Bozon e Rodolfo Murilo de Souza
Styling: Mauricio Ianes
Beleza: Robert Estevão
Trilha: Nick Graham Smith
Cartela de cores: Preto e branco
Materiais: Denim, couro, cetim, paetê e pele
Formas:  Justas, calças ultraskinny, vestidos curtos, minissaias, plissados
Highlights:  Ao chegar na sala da Ellus um cinema havia sido montado no lugar da habitual passarela. Criado pelo fotógrafo Jacques Dequeker, que abriu recentemente a produtora Cavallaria Filmes, o filme 3D que apresentou a coleção da Ellus, vai na cola do que tem rolado na Europa já há algum tempo e foi transmitido ao vivo nos cinemas dos shoppings Iguatemi, em SP, e Fashion Mall, no Rio. Aqui a estrela é a modelo Aline Weber, que no cenário futurista, lembrava a Barbarella de Brigitte Bardot. A trilha também foi fundamemtal para ajudar o público a mergulhar na viagem proposta pela marca. Efeitos à parte, a Ellus quer, cada vez mais, marcar presença no terreno do jeanswear “de luxe”. Entre os destaques estão o leather denim, que tem acabamento de couro e o Luminatto Jeans, que brilha no escuro.(Texto retirado na íntegra do site ffw.com.br)

Marca: Neon                
Estilistas: Dudu Bertholini e Rita Comparato
Styling: Dudu Bertholini e Rita Comparato
Beleza: Lau Neves (make) e Paulo César Schettini (cabelos)
Trilha: André Juliani
Cenografia: Menegazzo Design e Arquitetura
Tema: Boemia subversiva, surrealismo
Cartela de cores: Preto, vermelho, bloco de cores, estampa We Love Neon. Em vez das estampas usuais, a marca usou outras maneiras de colorir as roupas, como em bordados e aplicações
Materiais: Seda, tafetá, gorgurão, malha, plush, jérsey, couro, camurça, veludo, tricô, crepe e linho
Formas:  Silhuetas muito justas, no caso de vestidos e bodies; maxi nos caftãns e quimonos; correta nas peças de alfaiataria, como nas calças e paletós
Highlights: A Neon sai de sua zona de conforto e procura se reinventar com uma coleção pontuada por elementos surrealistas. Portanto, o humor ainda está lá, assim como a cenografia teatral e uma música romântica na trilha, que eles adoram (“Latest Trick”, hit do Dire Straits nos anos 80, abriu o desfile), além do clima de glamour cinematográfico. Já as roupas trazem poucas estampas, que são substitídas por bordados, aplicações e efeitos gráficos e coloridos. A brincadeira com o surrealismo resultou em um vestido-óculos, desenhos de mãozinhas safadas, botões de coração e megacaftans, em especial o usado por Samira. Não há nada de básico na coleção e, nisso, eles se mantiveram fiéis ao DNA da marca.(Texto retirado na íntegra do site ffw.com.br)

Marca: Amapô   
Estilistas: Carolina Gold e Pitty Taliani
Styling: Carolina Gold e Pitty Taliani
Beleza: Ricardo dos Anjos
Trilha: DJ Kbeça
Cenografia:  Gustavo Menegazzo
Tema: Megamix de inspirações (heras trepadeiras, princesas das trevas, confusão mental, floresta infernal, Linking Park…)
Cartela de cores: Mistura de cores e duas estampas: “Segredo do Abismo”, criada pela cantora Cibelle, e “Tapeçaria”, de Fábio Gurjão
Materiais: Jeans pintado à mão, paetês tridimencionais, veludo, seda
Formas: Desconstruídas, calças justíssimas, tricôs e vestidos amplos
Highlights: Energia, ironia e humor fazem parte do dna da Amapô. Desta vez não foi diferente, mas essas características foram potencializadas por uma ótima coleção, cheia de vigor. As meninas desconstroem a alfaiataria de maneira inteligente e divertida, deslocando a gola da camisa para a barriga, as lapelas dos ternos e fazendo cintos de gravatas ou várias camisas em uma. Há muitas texturas, materiais e cores em uma só peça, como o paletó com manga de tricô de lá colorida e ainda recursos artesanais, como o jeans pintado à mão. Destaque para a coleção – e para o casting 😉 – masculino.(Texto retirado na íntegra do site ffw.com.br)

Marca: Alexandre Herchcovitch     
Styling: Maurício Ianes
Beleza: Celso Kamura
Trilha: Max Blum
Tema: Rochas vulcânicas, magma, vulcões, sedimentos de rocha; a força violenta da natureza
Cartela de cores: Preto e tons de cinzas, com pontos de amarelo enxofre
Materiais: Cetim de seda envelhecido, chiffon de seda, cashmere e renda
Formas: Calças desconstruídas, saias assimétricas, barras que se arrastam pelo chão, cinturas no lugar, mangas amplas
Highlights: Uma coleção com emoções contidas, assim como um vulcão pronto para explodir. O clima é denso, marcado por uma trilha que acompanha a atmosfera. Barras que se arrastam pelo chão e braços presos, como na Luciana Curtis, traduzem as inspirações principais do desfile. Lindo o contraste entre tecidos, cores e formas e a maneira inteligente como Herchcovitch constrói sua história para o inverno, sem jamais perder sua identidade e ainda se dando espaço para experimentar. É sóbrio, escuro e muito sofisticado.  (Texto retirado na íntegra do site ffw.com.br)

 (fotos: reprodução / divulgação)
  • 0Comente!
30 de janeiro de 2011
Categoria: Miscelânea

Melhores clicks do SPFW!

(Twins Sis Tá – em visita à São Paulo conferi o que rolou na tarde de sábado do SPFW)



(Costanza Pascolato – top consultora de moda e jornalista – minha deusa!)

Regina Guerreiro – uma das mais respeitadas top críticas da moda brasileira)




(Grande amiga Ariadna Ledesma arrasou com seu look, que chegou a chamar atenção de Costanza!)

 

(Esta foi a mais tiete de todas…hahaha!)



(Meninas do Lounge Melissa – os convidados participavam de um sorteio, onde o gift era uma linda melissa.)

Pelos corredores da Bienal circularam pessoas cheias de estilo, esbanjando referências de moda. Confiram alguns dos melhores looks: 



  • 4Comente!
29 de janeiro de 2011
Categoria: Miscelânea

SPFW:28/01 – abertura

Line-UP

01 – 17:30 horas – ANIMALE
02 – 19 horas – TUFI DUEK
03 – 21:15 horas – SAMUEL CIRNANSCK
04 – 21:30 – horas – TRITON

Marca: Animale
Direção de criação: Priscila Darolt
Styling: Luis Fiod
Beleza: Max Webber
Trilha: Hugo Frada
Inspiração: O universo da selaria.
Cartela de cores: Branco, nude, laranja, azul pettóleo, marrom e preto.
Tecidos: Tricô em lã de alpaca, flor de couro (espécie de couro ultra-fino), jacquards acetinados e organza de seda.
Formas: Simples, com alguns poucos volumes estruturados na região do quadril.
Silhueta: Em geral próxima ao corpo, sem ser necessariamente justa.
Highlights: A pegada minimalista que deixou toda experimentação têxtil caracterí¬stica da Animale bem mais leve e com cara de possível. Últimas texturas em tricôs, muitas vezes com efeitos degradês vindo da própria superfí¬cie da peça. Interessante também as peças híbridas como a bermuda com frente tipo saia em organza de seda, o macacão com recortes geométricos na cintura, dando a ilusão de que se trata de duas peças separadas. (texto retirado na íntegra do site ffw.com.br)


Marca: Tufi Duek
Estilista: Eduardo Pombal
Styling: Flavia Lafer
Beleza: Daniel Hernandez
Trilha: Max Blum
Tema: A arquitetura e o design escandinavo
Cartela de cores: Off-white e preto
Materiais: Crepe, organza, paetê, couro. Muitas vezes há a mistura de dois ou mais tecidos em uma mesma peça, resultando em uma roupa contemporânea e sofisticada
Formas: Há peças amplas e justas, vestidos curtos e saias longas, calças secas e megapantalonas. Ênfase nos ombros, que vêm retos, e nas mangas amplas. Detalhes de transparência, que é uma das marcas registradas de Pombal, trazem delicadeza e leveza às peças
Highlights: Belo desfile em que o destaque fica por conta da aplicação supertecnológica de paetês que, à primeira vista, parecem pele ou veludo molhado. Ponto também para a passarela. (texto retirado na íntegra do site ffw.com.br)

Marca: Samuel Cirnansck

Styling: David Pollak
Beleza: Celso Kamura
Trilha: Jackson Araujo
Tema: “Uma mulher urbana perdida na floresta em uma noite fria”; o trabalho surrealista dopintor Mark Ryden (ele ilustrou a capa de “Dangerous”, do Michael Jackson) e do escultor Patrick Dougherty, ambos americanos
Cartela de cores: Camelo e azul são as mais fortes; ainda tem branco, preto e nude
Materiais: Lã, renda, seda, viscose, manta de algodão, latex, silicone. Há um trabalho rico de bordados com cristais, vidrilhos, canutilhos e pérolas
Formas: Variadas. Vestidos fluídos e longos até modelos body conscious, em preto, mais rock´n´roll. Há bons trench-coats com modelagem correta e ênfase nas golas
Highlights: O vídeo de abertura, uma menina perdida e com medo numa floresta à noite, do diretor Dácio Pinheiro, mistura momentos de tensão com boas imagens de moda e deixa a platéia atenta e no clima que o estilista quer para seu desfile. A ligação com a natureza pontua a coleção, que chega a mostrar até vestidos e bolsas feitas de cipó de vime. (texto retirado na íntegra do site ffw.com.br)
Marca: Triton
Estilista: Karen Fuke
Styling: Daniel Ueda
Beleza: Robert Estevão
Trilha: Max Blum
Tema: Nova York, estilo college
Cartela de cores: Cinza, preto, azul, verde, caramelo, amarelo. Destaque para a estampa “mix and match”, que reproduz padronagens florais com efeitos metalizados
Materiais: Matelassê, algodão, bordados, brocados, lã, metalizados, pele falsa, rendas, veludo
Formas: alfaiataria, bons básicos, como calças secas, camisas de corte clássico e paletós e casacos de diversos tamanhos; saias assimétricas; vestidos e paletós com a cintura marcada por cinto fino
Highlights: Uma equipe de apoio de primeira é necessária para transformar as ideias de Karen em realidade. Pois este desfile finalmente coroou o trabalho da estilista à frente da Triton. Pode-se dizer que foi um dos melhores da história da marca, onde todos os elementos estavam em harmonia: trilha linda (“Radial Emotion”, de Marsh Aux), styling excelente, ótimo casting, beleza bem cuidada. E até a Paris “Adriana Lima” Hilton, provocou gritos, risos e muitos flashes por parte da plateia. Mas ali, na atmosfera de bom humor capitaneada por Karen, tudo estava no lugar certo. Até Paris. (texto retirado na íntegra do site ffw.com.br)

(Fotos: reprodução / divulgação)

 

  • 0Comente!
28 de janeiro de 2011
Categoria: Miscelânea

São Paulo Fashion Week

Abertura Hoje!! Estamos ansiosas!! 

(foto: reprodução / divulgação)
  • 0Comente!